Resenhei: A lista negra – Jennifer Brown

A_LISTA_NEGRA_1331344331B

Sinopse do Skoob

E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

Link: http://www.skoob.com.br/livro/224842-a_lista_negra

A lista

Incrível o poder de uma história escrita com sensibilidade. Minha memória emotiva está tão ligada a este livro que relendo a sinopse sinto um arrepio. Encontrei por acaso e passou para a lista de favoritos sem pedir licença.
Ok, já tinha lido o “Perdão, Leonard Peacock” (M. Quick), que também elucida o sofrimento e pensamentos das vítimas do bullying e isso somado às constantes notícias sobre atentados (geralmente com terríveis consequências) só fez tudo mais vívido, mas este ocupa lugar de destaque dentre os seus.
Jennifer consegue, ao narrar esta história, nos fazer questionar o quanto entendemos do que ouvimos as outras pessoas dizendo (porque a Val definitivamente não dava a mesma intensidade ao ódio partilhado por Levil) e, com isso, nos coloca contra a parede com a interrogação sobre “o quanto nossos atos influenciam as vidas alheias?” tanto do lado do agressor (quem praticava bulliyng E do Nick, que resolveu se vingar), quanto do lado agredido (quem sofria o bullying E das vítimas do atentado).

É possível dizer que talvez o garoto tivesse praticado o crime mesmo antes de conhecer a namorada.

É possível que tivesse desistido. Se nunca houvessem insultado Nick, se sua família fosse melhor estruturada, se a escola lhe prestasse a devida atenção, é possível que nem existisse a história.

Porém o que importa é que ele praticou com a suposta ciência de Valerie uma verdadeira carnificina.

Querendo não me compadecer da situação da garota confusa e solitária, acabei por aceitar e argumentar a favor de Val, a querer superar tudo com ela e, por fim, pintando as unhas com aquele esmalte quase seco, voltarmos a ser quem éramos antes de tudo aquilo (na medida do possível, pois não é factível mensurar o espectro de um trauma desta proporção) ou, melhor dizendo, apesar de tudo aquilo.
É um livro curtinho, mas merece uma leitura mais atenciosa para serem colhidas com precisão as impressões de cada personagem nesta situação.

Trecho mais impactante: “As pessoas faziam isso o tempo todo, acham que ‘sabem’ o que está se passando na cabeça de alguém. Isso é impossível. É um erro achar isso. Um erro muito grande. Um erro que, se você não tiver cuidado, pode arruinar a sua vida.”

 Nota: 10/10 + fav ❤
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s