Missão: Princesa

O mundo da ficção fantástica é dado a transformar situações que seriam de puro deleite em verdadeiras batalhas – ou guerras – para os personagens que precisam sobreviver a elas e até espelhar certa graciosidade e leveza durante isso. Muito frequente é o caso de meninas que descobrem ser princesas da noite para o dia. Da rotina comum de escola, amigos (ou não), vida social e da estranheza que permeia os anos pré-juventude, muitos autores desenvolvem histórias divertidíssimas para nossa alegria! Vamos a um top 3 destas mocinhas adoráveis:

diario_da_princesa_blog_vic_e_vicky_2012_2

Amelia Mignonette Grimaldi Thermopolis Renaldo
Mia
O diário da princesa – Meg Cabot 

Talvez a mais famosa da nossa lista, haja em vista que já ganhou uma dramatização assinada pela Disney e tudo o mais. Não sei a opinião da Meg, mas eu odiei isso. A versão romantizada distanciou um tanto do que era a vida verdadeira da Mia. Ela repudiava a coroa com todas as suas forças e foram necessárias muitas horas de “Lição de Princesa” com sua avó e até terapia para entender quem era e como deveria lidar com o encargo que tinha em mãos.
Dramática até os ossos e muito semelhante a qualquer garota da sua idade (e até mais velhas), ela inspira a simpatia de quem lê suas aventuras. Não enfrenta monstros sobrenaturais ou guerras de poder, mas precisa lidar com algo igualmente complicado: a escala social da escola onde estuda e as relações diplomáticas entre Genovia e os outros países.

jessica
Jessica Packwood / Antanasia Dragomir Vladescu
Jess / Antanasia
Como se livrar de um vampiro apaixonado – Beth Fantaskey
 
Outra nascida nobre de berço, Jess foi entregue a pais adotivos e até bem pouco antes do seu décimo oitavo aniversário, não fazia ideia de que, se bem entendesse, poderia governar um grupo de vampiros psicopatas malévolos na Romênia e se casar com o líder do grupo que rivaliza há séculos com sua família, Lucius Vladescu, a quem – aliás – foi prometida em casamento. Muita informação pra uma adolescente que ainda nem deu o primeiro beijo, sem dúvidas. Assim, entre lidar com as transformações que seu corpo começa a sofrer (como a sede por sangue, a liberação das presas), um noivo vampiro muito insistente e convidar o garoto da escola pro baile, ela tenta ser o mais normal possível.
Resenhei sobre a saga aqui: https://ismaliaealua.wordpress.com/2014/11/15/resenhei-como-se-livrar-de-um-vampiro-apaixonado-beth-fantaskey/
tumblr_m9qe8wx32L1rttgboo1_r1_250
America Singer 
Meri
A seleção – Kiera Cass

A única destas três que não era princesa desde o nascimento, mas tal como as outras, já detinha a majestade.
Participando de um reality show nacional que escolherá a próxima princesa que se casará com o (gostoso do) Príncipe Maxon, ela vive num mundo distópico em que as pessoas são divididas por classes (ok, se você for à Índia hoje a coisa não é tão impossível de imaginar) e precisa enfrentar o preconceito oriundo deste fato para conquistar o posto. Ao longo da história, percebemos contudo, que a seleção vai muito além de uma competição, afinal, apesar de “combinado”, este casamento precisa envolver sentimento real e a garota que celebrar tal aliança com Maxon precisará ajudá-lo a passar pela guerra civil que assola o país.

E a gente pensando que ser princesa é só esperar cochilando até a chegada do príncipe! Recomendo as 3 sagas ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s