Resenhei: A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista – Jennifer Smith

Sinopse

Dentro do gênero Y.A., A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica baseada na premissa de que que quatro minutos podem mudar a vida de alguém. Neste caso, o alguém é Hadley.
Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu – a caminho do casamento do pai com a nova esposa do outro lado do oceano -, ela conhece Oliver, um garoto altamente “Augustiniado” (v. ACEDE). Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito relativo.

Link da sinopse do Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/275708ED309192-a-probabilidade-estatistica-do-amor-pr

Se você gosta do estilo “busca do Grande Talvez” que permeia as obras de John Green, também irá se apaixonar por este aqui. Na verdade, um dos personagens principais, o Oliver é altamente inspirado no Gus de “A culpa é das estrelas”, o que acho desnecessário (afinal, existem garotos bonitos e legais que não vêem ressonâncias metafóricas em tudo), mas a ideia funciona.
Não é um livro pra filosofar muito. Você lê numa sentada. É leve, engraçado, causa suspiros e atinge o objetivo. Bem comercial.
Aliás, aproveitando as promoções de fim de ano e brincadeiras de presentear os amigos, indico como presente. É curtinho e tem uma linguagem acessível a pessoas de todas as idades que gostam de um romance água com açúcar.

Passagem mais marcante (na verdade é citação de um livro muito comentado dentro do enredo principal):

IMG_1227

Nota: 9/10 + fav ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s