Intimidade indesejada

Posso falar com ciência sobre o tema casas porque já habitei 14 delas nestes 26 anos de vida. Já morei em 3 estados diferentes da federação e entendo mais do que gostaria sobre mudança. Em algumas fiquei mais tempo que em outras; algumas fazem parte de doces memórias afetivas. Este post é sobre a décima quarta.

É um sobrado meigo, murado, relativamente afastado, mas tem outros dois prédios gêmeos ligados a ele. E as paredes são finas demais.

Qual o problema? Sei coisas demais sobre meus vizinhos. Algumas destas informações são íntimas demais até pra quem divide a cama, quiçá entre vizinhos!

E, se eu ouço contra a minha vontade, não quero sequer imaginar o resultado pra quem tenta.

Anúncios

3 comentários sobre “Intimidade indesejada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s